Buscar

Da ovelha ao fio



Um final de semana inteiro dedicado à arte têxtil não poderia ter sido de outra maneira senão transformador.


A proposta era entender os saberes da arte de criar um fio desde sua origem, neste caso animal, com nossas queridas ovelhas.


Pode ter certeza que essa ovelhas são muito bem cuidadas, pois ao chegar no sítio a música clássica vinha desse encantador lugar da foto acima.


Conhecer os saberes da arte da fiação é se entregar a ancestralidade feminina.





Lava lavadeira, lava a lã que tece o fio da vida



Os dias se passaram assim: tosquia das ovelhas, conversas sobre manuseio dos animais e da lã. Limpeza da lã na cachoeira e busca na mata algumas folhas para o tingimento dos fios.





Tudo foi feito com muito amor e respeito.


Seguindo na jornada, aguardamos as lãs secarem para cardação, um fazer muito interessante onde é possível fazer "blends" de cores e mechas para a fiação na roca.









A roca é como a roda do tempo. É preciso ter paciência, persistência, entrega e confiança.


É um processo lindo, cheio de simbolismo, afeições e principalmente é uma atividade comunitária, é algo para se fazer com outras pessoas. pelo menos foi o que pareceu para mim, pois é nesse momento em roda com outras mulheres que tecemos e criamos novas ideias e desejos de um mundo feito à mão.