Buscar

Tramas reticulares



Reticular (adjetivo): Que tem a forma de rede; reticulado, tessitura reticular.

A ideia da instalação têxtil veio junto com a possibilidade de fazer parte da VIRADA CULTURAL em 2015 em São Paulo.


Junto com uma amiga tecelã, Clarissa Neder, planejamos o que seriam as Tramas Reticulares, uma intervenção realizada no espaço da Praça Santa Cecília ao lado do Minhocão.


A vontade era gerar novas maneiras de olhar a cidade e interagir com ela. Esse tear gigante era nosso convite às pessoas para transformar um ato contemplativo em ato participativo ativador dos espaços. Para isso criamos uma estrutura de madeira modular, semelhante a um tear em escala ampliada.



Maquete da estrutura


O tear como extensão do espaço público - pois para quem tece, o tear é a extensão do seu próprio corpo.


A obra têxtil gerada - o tecido social em si - foi feita conjuntamente com o público que passava no local e que de alguma forma se sentia conectado com a obra.



O ato de tecer em espaços públicos, transformando linhas entrelaçadas num reflexo da realidade, cria novos vislumbres e conexões, alinhavando um novo caminho para uma cidade cada vez mais construtiva e afetiva.








CONCEITO E POÉTICAS DO ESPAÇO

  • Áreas | Ares | Desarticular áreas reticulares

  • Obra que toma vida própria | Ativação de quem passa

  • Tramar | Entrelaçar | Re-tramar

  • Criar redes | Novas conexões e percepções de olhar a cidade, o corpo, o outro